Select Menu

Slider

Com tecnologia do Blogger.

Oportunidades

Leilões

Portais de Imóveis

Imóveis de Bancos

Imóveis de Bancos

Notícias

Videos

» » » Pergunta para um milhão de euros: Comprar ou arrendar casa? Qual a melhor opção?
«
Next
This is the most recent post.
»
Previous
Mensagem antiga


Assim de repente, parece complicado responder corretamente a esta questão. E na verdade, é mesmo complicado. Porque não existe uma resposta certa. Ambas as opções apresentam vantagens e desvantagens e a escolha mais acertada vai depender de pessoa para pessoa, tendo em conta o peso que esta vai atribuir a cada um dos lados da balança. Vejamos:

COMPRAR CASA
Vantagens:
  1. Liberdade para realizar obras e decorar a casa a gosto;
  2. Investimento em património pessoal;
  3. Possibilidade de obtenção de lucro, caso o mercado valorize o ativo e o proprietário queira vender a propriedade;
  4. Prestação a pagar ao banco, muitas das vezes, inferior à renda cobrada por um senhorio.

Desvantagens:
  1. Encargos iniciais elevados com a entrada inicial da compra, as despesas legais com contratos, comissões bancárias, constituição de seguros, entre outros;
  2. Encargos com impostos, nomeadamente o IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis, de carácter recorrente e, o IMT – Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas, a suportar no momento da compra;
  3. Submissão, a longo prazo, a uma dívida ao banco;
  4. Perda de mobilidade geográfica, ficando “preso” a um lugar;
  5. Possibilidade de prejuízo, caso o mercado desvalorize o ativo e o proprietário pondere vender a habitação.

ARRENDAR CASA
Vantagens:
  1. Mobilidade geográfica, devido a contratos de arrendamento relativamente curtos, quando comparados com contratos de dívida ao banco;
  2. Menores encargos iniciais, tornando-se numa boa opção para situações temporárias (por exemplo, início de carreira numa outra cidade), ou para quem acabou de sair de casa dos pais;
  3. Liberto de encargos com manutenção do imóvel e de impostos, como o IMI, sendo estes da responsabilidade do senhorio.
Desvantagens:
  1. Submissão ao senhorio, existindo a necessidade de justificar qualquer acidente com a casa (como por exemplo: a avaria de eletrodomésticos ou outras situações);
  2. Não investir em património;
  3. Possibilidade de ficar sem habitação, dado que o senhorio pode optar por não arrendar mais;
  4. A longo prazo, o valor gasto em rendas ao senhorio, poderá ultrapassar o valor da compra de uma casa própria.

De grosso modo, as vantagens de uma das alternativas constituem as desvantagens da outra, sendo que a melhor opção dependerá sempre do peso que atribuir aos prós e contras de cada uma das alternativas.

«
Next
This is the most recent post.
»
Previous
Mensagem antiga